NEUROECONOMIA E O EMPODERAMENTO FEMININO GEEK

Christina Paula de Camargo Curcio

Resumo


A neuroeconomia adiciona importantes componentes da tomada de decisão às abordagens econômicas tradicionais, argumentando sobre as ciências comportamentais e como o consumidor realiza suas decisões de compra e os efeitos do comportamento na análise econômica.

Este artigo traz o estudo de como a neuroeconomia é capaz de aumentar a venda do público geek feminino, com a análise do comportamento e processamento cerebral estimulados em ações de empoderamento feminino e estímulos da mídia.


Texto completo:

PDF

Referências


BARLETTA, M. Marketing Para Mulheres: como entender e aumentar sua participação no maior segmento do mercado. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.

BORNELI, J. Mulheres marcam presença na Campus Party Brasil. Disponível em: . Acesso em: 2 jan. 2018.

CALLEGARO, M. M. O novo inconsciente. Porto Alegre: Artmed, 2011.

CAMARGO, P. Neuromarketing. Descodificando a mente do consumidor. [s.l.] IPAM - Instituto Português de Administração de Marketing, 2009.

CAMARGO, P. Comportamento do Consumidor: A biologia, anatomia e fisiologia do consumo. Ribeirão Preto: Novo COnceito, 2010.

CAMPBELL, C. O consumidor artesão: cultura, artesania e consumo emuma sociedade pós-moderna. Niterói: Antropolítica, 2004.

CAMPUS PARTY. Campus Party Brasil - Sobre Nós. Disponível em: . Acesso em: 4 jan. 2018.

COLICIGNO, G. B. As Dificuldades de Identificação das Mulheres Nerds: Os problemas encontrados na alteridade de um grupo social. Anais do XXII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sudeste, 2017.

ESTADÃO. Na Campus Party; mulheres buscam espaço no setor de tecnologia. Disponível em: . Acesso em: 2 jan. 2018.

GRECO, M. Pesquisa desvenda o comportamento dos geeks na internet | EXAME. Exame, 2012.

JÚNIOR, C. Quanto movimenta o universo Geek na internet? Disponível em: . Acesso em: 3 jan. 2018.

KARAN, L. Neuroeconomia: Inconsciente revelado. [s.l.] Buqui, 2014.

KIMURA, F. O que é Neuromarketing. Disponível em: . Acesso em: 29 dez. 2017.

KRÁS, L. O ataque das geeks girls da Noruega. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

MALDONADO, M. A nova fronteira da neuroeconomia. São Paulo: Duetto, 2008.

MARTÍN, L. S. ET. AL. Neurociencia, empresa y marketing. [s.l.] ESIC, 2013.

NETO, J. C. Neuromarketing: O efeito de ancoragem do contexto e do papel dos neurotransmissores na mente dos consumidores. São Paulo: Baraúna:2012.

NETO, J. C. ET. AL. Neuroeconomia: Uma nova perspectiva sobre o processo de tomada de decisões ... Rio de Janeiro: Alta Books, 2017.

NEUMÄRKER, B. Neuroeconomics and the Economics Logic of Behavior. [s.l.] Analyse & Kritik, 2007.

ONU. Princípios de Empoderamento das Mulheres. Organização das Nações Unidas Brasil, 2016.

PERUZZO, M. As Três Mentes do Neuromarketing. Rio de Janeiro: Alta Books, 2015.

REVISTA W. Compras nerds. Disponível em: . Acesso em: 10 dez. 2017.

SALIN, C. R. NEUROECONOMIA – DECISÃO DO CONSUMIDOR NA HORA DA COMPRA. 2012.

SHUTTERSTOCK. Quem é a Shutterstock? Disponível em: . Acesso em: 3 jan. 2018.

SOUZA, F. S. Star Wars: Império Despedaçado, de Greg Rucka (resenha). Disponível em: . Acesso em: 11 dez. 2017.

TELLINI, G. Femvertising: o empoderamento das mulheres na publicidade. Disponível em: . Acesso em: 13 dez. 2017.

VALORECONÔMICO. Mulheres ultrapassam homens no consumo pela internet. Disponível em: . Acesso em: 2 jan. 2018.

YOKOTE, G. K. L. O mundo dos nerds: imagens, consumo e interação. São Paulo: Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da Universidade de São Paulo, 26 nov. 2014.

KIMURA, F. O que é neuromarketing. Disponível em: . Acesso em 20 dez. 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN : 2527-077X

FESPPR - Faculdade de Educação Superior do Paraná