O DESEMPREGO DIANTE DO INVESTIMENTO EM TECNOLOGIA E DO DESEMPENHO DA RENDA NACIONAL NA PRIMEIRA DÉCADA DO PLANO REAL

João Candido Pereira de Castro Neto, Clécio Siegfried Steinthaler, Caludiomar Jorge Koglin

Resumo


O artigo faz uma extensiva análise da bibliografia disponível
sobre as eventuais correlações entre renda e emprego,
estudando a posição de diversos autores a respeito dos
eventuais efeitos das variações nos níveis da Renda Nacional
medida pelo critério do Produto Nacional Bruto – PNB e os
índices nacionais de emprego, pelo critério do Desemprego
Estrutural. A pesquisa bibliográfica é seguida da análise das
correlações estatísticas entre investimento em tecnologia e
renda, pelo critério dos investimentos governamentais em
tecnologia realizados pelo Ministério de Ciência e Tecnologia,
expurgados, a partir de 2000, dos investimentos em educação
superior que, a partir daquela data, passaram a compor o
montante dos investimentos do Ministério. As relações
apuradas entre as três variáveis, Renda, Emprego e
Investimento em Tecnologia são, então, analisadas em seu
conjunto.

The paper does an extensive analysis of available bibliography
on eventual correlations between income and employment, as it
studies several authors’ positions in respect to eventual effects
of variations on Brazil’s National Income level measured by
Gross National Income - GNI criteria and Brazilian national
employment indexes, by Structure Unemployment criteria.
Bibliographic research is followed by statistic correlation
analysis between technology investments and income,
measured by government technology investments made
through Ministério de Ciência e Tecnologia (Brazilian Science
and Technology Secretary) criteria, purged, since 2000, of
higher education investments which, from that date, began to
compose the Ministério’s total of investments. The deducted
variations between variables income, employment and
technology investment are, then analyzed together.


Texto completo:

PDF

Referências


BARROS, F. Confrontos e Contrastes Regionais da Ciência e Tecnologia no Brasil. Brasília: UNB, 1996.

BLANCHARD, O. Macroeconomia: teoria e política econômica. Rio de Janeiro: Campus, 2001.

DORNBUSCH, R; FISCHER, S. Macroeconomia. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2002.

THOMPSON, A.; FORMBY, J. Microeconomia da Firma: teoria e prática. Rio de Janeiro: Editora Prentice-Hall do Brasil, 1998, p. 100-102.

KRUGMAN, P. Vendendo Prosperidade: sensatez e insensatez econômica na era do conformismo. Rio de Janeiro: Editora Campus, 1997.

MANKIW, G. Macroeconomia. São Paulo: LTC, 1996.

MOREL, R. Ciência e Estado: a política científica no Brasil. São Paulo: Saraiva, 1998.

NELSON, R.; MERTON, J.; KALACHEK, E. Tecnologia e Desenvolvimento Econômico. São Paulo: Forense, 1969.

SCHUMPETER, J. Teoria do Desenvolvimento Econômico: uma investigação sobre lucros capital, crédito, juro e o ciclo econômico. São Paulo: Nova Cultural, 1985.


Apontamentos